Após pedido de Anderson Silva, julgamento por doping é adiado
UFC 183 - Anderson Silva comemora vitória sobre Nick Diaz (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images)

Após pedido de Anderson Silva, julgamento por doping é adiado

Anderson Silva conseguiu novamente mais um adiamento do julgamento que vai decidir seu caso positivo de doping, após o confronto diante de Nick Diaz, no dia 31 de janeiro, no UFC 183. O pedido dos advogados de Spider foi aceito pela Comissão de Nevada. A informação foi confirmada pelo site Combate.com nesta terça-feira.

De acordo com o vice-procurador geral do Estado de Nevada, Christopher Eccles o novo prazo limite para resolver esse episódio do brasileiro está programado para o dia 7 de agosto.

Inicialmente, o julgamento para definir a suspensão do ex-campeão dos médios do Ultimate estava marcado para março e depois remarcado para maio. Esses adiamentos foram consequência de solicitações dos advogados de Spider, com alegação de que o lutador precisava de mais tempo para formular a sua defesa.

Anderson Silva foi flagrado em dois exames antidopings, um pré-luta e outro pós-luta. Dois exames apontaram para uso de substâncias anabolizantes. No entanto, no segundo teste também para uso de remédios contra dor e tranquilizantes, proibidos pela Comissão.

Sobre Rafael de Andrade

Rafael de Andrade, popularmente conhecido como "Japa". Gaúcho, colorado, publicitário, jornalista, além de apaixonado por MMA. Colaborador do MMA by Neko e proprietário do Dentro do Octógono!