Arquivos do Autor: Rodrigo Biajoni

Fanático por esportes, acompanha MMA desde os tempos áureos do Pride.

Cinturômetro – Brasileiros no peso mosca do UFC

Nos últimos anos o UFC começou a implementar a sua estratégia de expansão para novos países e mercados ainda pouco explorados pela maior marca de lutas do mundo. A realização de eventos na América do Sul, Europa e Oceania mostra como os executivos esperam aumentar os seus números ao redor do globo. O maior exemplo dessa tática é a realização do The Ultimate Fighter Brasil no ano de 2012 e o plano para próximas edições envolvendo australianos e ingleses, além de edições na Ásia. O aumento do alcance da marca significa também em um número maior de lutadores estrangeiros lutando na organização e, segundo o site oficial da mesma, o Brasil aparece com 60 lutadores no plantel de contratados pelo UFC. Um número bastante significativo se considerarmos que significa 17% do total de lutadores. Nesta coluna apresentaremos a situação de cada um desses brasileiros em suas categorias, suas principais conquistas ... Leia Mais »

De ponta a ponta – UFC on FX 4 e UFC 147

O mundo da luta ficou bastante movimentado no último final de semana. Com pelo menos quatro grandes eventos acontecendo, abriremos uma exceção e destacaremos algumas curiosidades dos dois eventos da maior organização de lutas marciais mistas no mundo: O UFC on FX 4 e UFC 147, realizados nos Estados Unidos e no Brasil, respectivamente. A injustiça da noite – Ultimamente o UFC tem inovado na distribuição dos prêmios da noite, premiando mais de uma vez na mesma categoria, no entanto, nem assim consegue ser unanimidade entre os fãs. No UFC realizado no Mineirinho, o prêmio de melhor luta da noite mais uma vez foi alvo de polêmica ao premiar o combate principal entre Wanderlei Silva e Rich Franklin e não a empolgante luta na final do TUF entre Cezar Mutante e Serginho Moraes. A curiosidade da noite – Como na história do Sansão, a força e a disposição de Clay ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? UFC 147

Na noite do sábado foi realizado a quarta edição do UFC no Brasil desde a sua criação. Pela primeira vez na capital mineira, Belo Horizonte sediou o UFC 147, evento esse que prometia ser o maior da história mas que, depois de uma série de problemas burocráticos e lesões foi apenas mediano. O evento definiu os primeiros vencedores da edição brasileira do The Ultimate Fighter, aproximou um pouco mais um brasileiro pela disputa do cinturão e foi recheado de momentos de muita emoção. Rich Franklin (29v-6d-1nc) – De volta à categoria dos pesos médios (ainda que o combate tenha sido travado em peso combinado, Franklin está voltando para às suas origens) o americano venceu a luta principal da noite na decisão dos juízes após quase ser nocauteado por Wanderlei Silva (34v-12d-1e-1nc) ao final do segundo round. Em sua última corrida pelo cinturão, Franklin está no chamado “mix” dos lutadores bem ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? UFC on FX 4

No primeiro evento do final de semana do UFC, foi realizado o UFC on FX 4 em Atlantic City na noite da sexta-feira. A edição acabou sendo um pouco abaixo do esperado mas ainda assim apresentou algumas surpresas e colocou ex-desafiantes de volta à coluna das vitórias. Cub Swanson (17v-5d) – O norte-americano fez uma excelente apresentação diante do inglês Ross Person (13v-6d) que havia descido para a categoria dos penas e figurava como um possível canditado ao título no futuro. Em uma luta bastante movimentada, Swanson tentou diversos movimentos pouco tradicionais e acabou com o nocaute da noite. Em sua próxima luta pode encarar o vencedor entre Yuri Alcantara (28v-3d) e Hacran Dias (20v-1d), o também vencedor da noite Steven Siler (21v-9d) ou o campeão do TUF Brasil (a ser definido hoje entre Rony Jason – 10v-3d – e Godofredo Pepey – 8v-0d). Brian Ebersole (50v-14d-1e-1nc) – Após quase ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? UFC on FX: Johnson vs. McCall

A terceira edição do UFC no canal FX foi realizada no dia 08 de junho e, depois de três meses de atraso, (finalmente) apontou o segundo candidato ao título da nova categoria do UFC: a flyweight. O UFC on FX 3 serviu também para consolidar a expectativa em torno de uma nova promessa e apresentar algumas lutas bem movimentadas. Demetrious Johnson (15v-2d-1e) – O lutador americano, após ter sua vitória revogada na primeira luta contra Ian McCall (11v-3d-1e) venceu a segunda e garantiu a disputa do cinturão da nova categoria. Johnson enfrentará agora Joseph Benavidez (16v-2d) que nocauteou Yasuhiro Urushitani (19v-5d-6e) na primeira definição do finalista do mini-torneio organizado pelo UFC. Essa será a sua segunda disputa por um cinturão da maior organização de MMA do mundo (na primeira, Johnson foi derrotado por Dominick Cruz – 19v-1d – na categoria peso galo). Erick Silva (14v-2d-1nc) – Vindo de uma controversa ... Leia Mais »

De ponta a ponta – The Ultimate Fighter: Live Finale

Realizado na cidade de Las Vegas (Nevada), a final do The Ultimate Fighter (TUF) 15 aconteceu no primeiro dia do mês de maio de 2012 e contou com diversos jovens lutadores vindo do reality show da organização. As tradicionais categorias “finalização da noite”, “luta da noite” e “nocaute da noite” foram anunciadas pouco tempo após o término do evento, mas o MMAbyNeko traz agora outros pontos e fatos que muitas vezes não são notados. – A superação da noite: Na verdade, esse prêmio deveria ser a superação do evento. O vencedor do TUF 15, Mike Chiesa, enfrentou uma difícil situação no início do programa. Pouco tempo após a entrada na casa, recebeu a notícia que seu pai havia falecido. Mike, ao contrário do que era esperado (e compreendido) decidiu voltar à competição após uma visita à sua família e acabou como o grande vencedor dessa edição. Sua força de vontade ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? The Ultimate Fighter: Live Finale

A edição de número 15 do reality show promovido pelo UFC, o The Ultimate Fighter (TUF) chegou ao final na última sexta-feira. Como em outras edições, o card de encerramento do programa foi recheado com os participantes do mesmo e um duelo de nomes mais conhecidos do público em geral. A grande inovação do TUF Live, resultado do contrato com a Fox, foi o fato de apresentar suas lutas ao vivo todas as sextas-feiras através do canal norte-americano FX. Confira abaixo os próximos passos para os novos lutadores do UFC. Martin Kampmann ( 20v-5d) – Vindo de vitória sobre o brasileiro Thiago Alves (19v-9d) e o norte-americano Rick Story (13v-5d), Kampmann quase foi nocauteado no primeiro round de sua luta contra Jake Ellenberger (27v-6d) mas conseguiu sobreviver à pressão e alcançar a reviravolta no segundo round. A vitória coloca-o em uma excelente posição entre os meio-médios. Kampmann possui agora duas ... Leia Mais »

De ponta a ponta – UFC 146: Dos Santos vs. Mir

Na noite do último sábado tivemos a realização do UFC 146 que contou com dez lutadores da categoria peso-pesado no card principal. Após todos os eventos, o MMAbyNeko sempre traz os resultados, a repercussão, próximos casamentos de lutas dos vencedores e os prêmios da noite. A ideia da coluna “De ponta a ponta” é fazer uma reflexão sobre fatos não tão evidentes e a impressão deixada pelos lutadores em alguns outros quesitos. A zebra da noite – Vindo de um nocaute avassalador contra Terry Etim no UFC 142, o brasileiro Edson Barboza tinha a luta originalmente marcada contra Evan Dunham e poderia se creditar como próximo desafiante ao título da categoria leve. A zebra começou a aparecer quando Evan se machucou e Jamie Varner foi convocado para o seu lugar. Varner, apesar de ter sido campeão do WEC, vinha lutando em eventos menores e sem impressionar muito. A vitória de ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? UFC 146: Dos Santos vs. Mir

A noite do dia 26 de maio de 2012 ficará marcada pelo seu card principal. Com a estratégia de preenchê-lo apenas com lutadores da categoria peso pesado, o UFC 146 atingiu um total de aproximadamente 1128 quilos entre os dez lutadores do card principal. Para coroar a noite, a última luta também era a disputa do cinturão da categoria. Confira abaixo o desenrolar dos pesados para os próximos eventos. Junior Cigano dos Santos (15v-1d) – O brasileiro Cigano defendeu pela primeira vez o título conquistado em novembro de 2011. Lutando contra Frank Mir (16v-6d), que vinha de vitória arrasadora contra seu mentor, Cigano conseguiu manter a luta em pé e cumpriu o prometido: nocaute no segundo round. A categoria não conta com um claro desafiante para o seu próximo combate mas o antigo campeão Cain Velazquez (10v-1d) é o que mais se aproxima disso. Dana White chegou a comentar sobre ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? – UFC on Fuel TV 3

Graças ao contrato milionário com a televisão norteamericana, tivemos mais uma edição em canal aberto. Ontem, foi realizado o UFC on Fuel TV 3 e contou com a participação de quatro brasileiros além de um possível novo desafiante ao cinturão do evento. Confira abaixo os possíveis casamentos para as próximas lutas dos vencedores do card principal (e também exceções para os brasileiros vencedores). Johnny Eduardo (26v-9d) – O primeiro brasileiro a pisar no octógono quebrou o jejum de vitórias do país que já durava três meses no UFC. Johnny, que havia perdido em sua estréia para o também brasileiro Raphael Assunção (17v-4d), garantiu o seu emprego ao ganhar os dois primeiros rounds da luta contra Jeff “The Big Frog” Curran (33v-15d-1e) utilizando inúmeros chutes na base de Curran. Johnny continua distante da disputa pelo título e deve enfrentar agora um estreante ou um adversário com card irregular no evento. Rafael ... Leia Mais »

E agora, qual o próximo passo? UFC on Fox 3

No último sábado tivemos mais um evento da maior promoção de lutas de MMA do mundo, o UFC. Realizado na cidade de New Jersey, o UFC on Fox 3 contou com grandes lutas e algumas definições nas categorias das principais lutas. O MMAbyNeko apresenta agora os possíveis próximos desafios dos vencedores no card principal. Nate Diaz (16v-7d) – O irmão mais novo e (um pouco) menos problemático de Nick Diaz fez uma luta muito movimentada e impressionou ao ser o primeiro a finalizar Jim Miller (21v-4d). Provavelmente terá o seu title shot contra o vencedor de Ben Henderson vs. Frankie Edgar II que deverá ser confirmado para o UFC 150 no dia 11 de agosto. Explosivo e polêmico, é promessa de grande luta contra qualquer um dos dois. . Johny Hendricks (13v-1d) – Apesar de seu belo cartel, Hendricks não chamava muito atenção da maioria dos fãs até seu nocaute ... Leia Mais »