CEO da Reebok comenta pontos polêmicos do acordo com UFC

CEO da Reebok comenta pontos polêmicos do acordo com UFC

Buenas, e me espalho!

Responsável por todo o departamento de esportes de combate da Reebok, Michael Lunardelli concedeu entrevista no início desta semana ao programa MMA Hour, apresentado pelo narigudo repórter Ariel Helwani(@arielhelwani).

Durante a conversa, ele abordou temas como a demissão de ‘Stitch’ Duran, a repercussão negativa dos primeiros kits apresentados, e o futuro da companhia junto ao MMA.

Em grande parte, as falhas são atribuídas à falta de tempo hábil para “startar” a parceria com qualidade. Mas de forma geral, Lunardelli se mostrou preocupado em tornar a Reebok uma parceira de valor para o MMA mundial, da melhor forma possível:

Humildade para aprender e dedicação para fazer.

Confira alguns pontos-chave da conversa:

  • Sobre a força da parceria Reebok/UFC:

“Primeiro…somos uma marca de fitness. Nós já somos realmente bons nisso, e queremos ser a melhor do mundo…Mas nós precisamos ser especialistas em (esportes de) combate e isso é bem diferente. Para nos tornarmos especialistas, precisamos ter acesso a pessoas que podem nos ajudar. Temos de trabalhar com treinadores, e com lutadores”.

  • Muito trabalho, pouco tempo:

    Hora de morfar!

“Assinamos o acordo em Dezembro(2014). Estamos em Agosto. São 8 meses…e nosso prazo regular para desenvolver produtos é de 18 meses a dois anos…Então nosso foco, para ser honesto, tem sido apenas em fazer os produtos corretamente, entregar aos lutadores em tempo para todos esqtes eventos que estão acontecendo até o final do ano.”

  • Sobre as duras críticas do público:

“Eu não vivo em uma caverna. Sabemos que houve algumas críticas…esperávamos que houvesse de certa forma. Eu vejo dessa forma: O MMA em geral, e o UFC especificamente como uma organização, têm fãs incrivelmente apaixonados… E eles se sentem como protetores do esporte. E nós somos os “estrangeiros” que estamos chegando agora, isso faz parte. Nós temos que conquistar as pessoas… Eu diria que a grande maioria dos lutadores, se sentem bem sobre o que estamos fazendo(menos o Aldo)… Temos um longo caminho a percorrer. Estamos na linha de partida.                ”

  • Envolvimento da Reebok nos pagamentos de patrocínio dos atletas:

“Para deixar claro, nós não determinamos as escalas de como os lutadores serão pagos, ou pra onde vai o dinheiro do patrocínio, nada disso…Não temos nada a ver com quem o UFC contrata, demite, nada…Isso é com eles.Mas estamos investindo no esporte.Estamos patrocinando lutadores, fechando contratos com academias…”

  • O caso ‘Stitch’ Duran:
    Jacob-Stitch

    “Eu disse ao Stitch: Nós provavelmente conversaremos com você no futuro”

“Decepcionante… porque eu sou um fã antes de estar efetivamente trabalhando com isso (esportes de combate). Já conhecia Sitch, não pessoalmente, mas todo mundo que já assistiu uma luta no UFC já o viu. À sua maneira, ele é um ícone do esporte. Todo mundo o reconhece… Eu liguei para ele e falou com ele recentemente depois tudo aconteceu, tivemos um bom bate-papo por um tempo.

“Eu não acho que ele estava sendo necessariamente contrário em relação Reebok. Não era o que ele estava dizendo. Basicamente o que ele estava dizendo era: “Hey, com esse acordo eu perdi meus patrocínios. Era uma parte de como eu fazia meu dinheiro. Como eu vivo”. E eu acho que ele estava sendo franco e honesto sobre isso. “Nós nunca tivemos uma conversa(com o UFC) sobre o que os cutmans estariam vestindo, se eles estavam perdendo seus patrocinadores ou não. Não que tenhamos esquecido deles, mas seria a “fase 2” deste negócio. Nós não tivemos tempo suficiente para pensar sobre o que as Octagon Girls, para ser sincero, ou os árbitros,  ou o que Joe Rogan deve usar no palco da pesagem. “Nós não chegamos lá ainda porque passamos nossos primeiros sete meses tentando desesperadamente lutar kits para lutadores e engrenagem de treinamento para lutadores e todo o produto para obter este negócio começou. Nós não tivemos 18 meses a dois anos.

“Eu disse ao Stitch: Nós provavelmente conversaremos com você no futuro, mas pode ser que não agora, nós não decidimos quem o UFC contrata ou demite. Nós nunca tivemos uma conversa com o UFC sobre Stitch Duran. Nenhuma vez…Isso é uma questão entre eles. “Eu tive uma breve conversa com [o presidente do UFC] Dana [White]. Dana era grande sobre ele, como ele sempre é. Ele é como, ‘Isso não é para vocês para se preocupar. Isso é entre nós. Vocês não devem ser tomar qualquer calor para isso. Basicamente, essa é a nossa situação com a nossa cutman. Estamos manipulação que ‘. Isso é basicamente o que ele disse. Era isso. Você tem que encontrar o seu lugar aqui. Há um lugar onde você pode falar sobre as coisas, e há um lugar onde você não pode. Nós estamos focados no que o nosso trabalho é.

“Se algo acontecer lá e ele voltar, então nós vamos ter uma conversa com ele. Se ele não o fizer, então não fez. Nós vamos seguir em frente e começar a falar sobre os outros cutmens que estão aqui.”

  •  Sobre o futuro da Reebok no esporte:
    106eb6b

    Michael Lunardelli – CEO de esportes de combate da Reebok.

“Permanecer humilde. Você recebe crítica e se certifica de que vai te fazer melhorar, não o oposto. Eu acho que houve muito mais boa que aconteceu de ruim(Oi?!). Um monte de produtos estão vendendo muito bem(Ah, entendi). Nós ainda temos mais lutadores para patrocinar, mais anúncios a fazer, mais produtos para lançar.Há um monte de coisas boas que ainda estão por vir. “

–/–

Não há dúvidas que para a Reebok, esse processo de “learning on the fly” não tem sido vantajoso, no que concerne à credibilidade da empresa junto aos(como destacado por Michael) apaixonados fãs de MMA.

Porém não confunda a força da marca Reebok, com as desventuras que eles andam fazendo pelo nosso esporte.Como pudemos ver, o tempo foi curto, e o lançamento tão prematuro só pode significar uma coisa.

Fazer dinheiro, muito dinheiro.

E se as vendas vão indo bem, que mal tem?

Uabrázz!

Fonte.

Sobre Wagner Marques Andrade

"Buenas e me espalho! Nos pequenos dou de prancha e nos grandes dou de talho!" Gaúcho e brasileiro, nesta ordem. Proprietário do MMA Fulltime.
  • Greaves

    Caraca a traduçao do google tradutor ta pessima…

  • Vinicius Fortuna

    Acho que uma marca fechar um acordo com o UFC é probemático. Quem garante que não haverá vantagens para os lutadores da reebok?

  • Tadeu Polatto

    Reebok = uniforme ridículos !!! Volta TAPOUT !!!!!

  • http://www.mmabyneko.com.br Kcorb Ransel

    E NGM MAIS TEM ORIGINALIDADE AGORA SAO TDO IGUAL PERDEU MTA PARTE DO SHOW

  • http://www.mmabyneko.com.br Kcorb Ransel

    O ACORDO GARANTE MAS EH COMPLICADO….. CONCRODO COM VC VAO SEMPRE PUXAR PRO LADO DELES….W

  • http://www.mmabyneko.com.br Kcorb Ransel

    FAZ PARTE MEU AMIGO SE QUER AJUDAR TRADUZ MELHOR E POSTA PRA EQUIEP PODER COLOCAR VALE UNE MTODOS NASCEM SABEMDO AINDA MAIS INGLES Q NAO EH LINGUA NATIVA NOSSA VALEU

  • http://www.mmabyneko.com.br Kcorb Ransel

    TIROU MTO DO ESPECTACULO BRILHO DO ESPORTE E SUAS MARCAS Q SEMPRE PROTAGONIZARAM E LEVARAM O ESPORTE ONDE ESTA HJ EM DIA TI