E agora, qual o próximo passo? UFC 169 – Barão vs. Faber II
UFC 169 - Renan Barão acerta soco em Urijah Faber (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images)

E agora, qual o próximo passo? UFC 169 – Barão vs. Faber II

UFC 169 - Jose Aldo acerta soco em Ricardo Lamas (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images)

O primeiro pay per view do ano foi para a conta com um recorde indesejado de maior numero de lutas terminando nas mãos dos juízes e muita polêmica sobre a interrupção de Herb Dean na luta principal. Confira abaixo os possíveis próximos adversários dos lutadores do card principal:

– Vencedores:


Renan Barão (32v-1d-1nc) – Chamado de monstro pelo lendário B.J. Penn (16v-9d-2e) antes da luta, o brasileiro mostrou o porquê do elogio com um passeio sobre o eterno vice, Urijah Faber (30v-7d). Independente da polêmica sobre a interrupção, pelo desenrolar da luta, era questão de tempo vermos a dancinha do atleta da Nova União. Com um domínio tão grande na categoria, resta esperar pelo homem de ferro, Dominick Cruz (19v-1d). Caso tenha que esperar muito tempo pela recuperação do ex-campeão, Raphael Assunção (21v-4d), caso vença Francisco Rivera (10v-2d-1nc), ou T.J. Dillashaw (9v-2d) são as duas únicas opções.


José Aldo (24v-1d) – Por incrível que pareça, após mais um domínio completo do brasileiro e a sexta defesa de cinturão, surgiram críticas por não acabar com as lutas de maneira espetacular como fazia no WEC. Também com a categoria praticamente limpa, chegou a hora de por em panos limpos sua história com Anthony Pettis (17v-2d) e desafiar o campeão dos leves. Dana White e o brasileiro já deram seus oks para acontecer a luta agendada inicialmente para o ano passado. Caso a subida de peso dê errado, revanches contra Chad Mendes (16v-1d) e Cub Swanson (20v-5d) seriam as únicas opções.


Alistair Overeem (37v-13d-1nc) – Não foi como esperávamos, mas o gigante fez o suficiente para garantir o emprego e o leite das crianças. Top 10 dos pesados, poderíamos ver finalmente seu duelo contra o brasileiro Junior Cigano dos Santos (16v-3d), já cancelado duas vezes anteriormente. Além do ex-campeão, sobram apenas Stipe Miocic (11v-1d) ou quem sabe Mark Hunt (9v-8d-1e).


Ali Bagautinov (13v-2d) – O terceiro triunfo consecutivo deixou o russo muito próximo de fazer história e ser o primeiro representante a pôr em volta da cintura os quilos de ouro bancados pela trupe de Dana White. Com poucas opções, o campeão de sambo deve ganhar uma chance de disputar o cinturão contra Demetrious Johnson (19v-2d-1e), mas caso acreditem que ainda não seria uma luta apelativa, poderia ter um último teste contra John Dodson (15v-6d) ou o vencedor de Zach Makovsky (17v-4d) vs. Joshua Sampo (11v-2d).


Abel Trujillo (12v-5d-1nc) – BOOM!!! A luta da noite engordou muito o bolso do atleta da Blackzillians e o catapultará na categoria dos leves. Após o evento, pediu por Donald Cerrone (22v-6d-1nc), em luta que faria muito sentido, mas surgem também como opções o seu adversário original, Bobby Green (22v-5d), e o rei da pancadaria de Nova Friburgo, Edson Barboza (13v-1d).

– Perdedores:


Urijah Faber (30v-7d) – Pela 1627379 vez, Faber chegou perto do sonho dourado do UFC, mas caiu na disputa de cinturão. Sem muito o que cortar, dificilmente fará a estratégia Kenny Florian (14v-6d) de descer infinitamente de categorias na tentativa de conquistar o cinturão. Mike Easton (13v-4d)? O perdedor de Raphael Assunção (21v-4d) vs. Francisco Rivera (10v-2d-1nc)? Erik Perez (14v-5d)?


Ricardo Lamas (13v-3d) – O desafiante chegou a sonhar com a chance de dar uma revanche na terra de sua mãe, o México. Mas no sábado a única semelhança com o país foram suas pernas, mais batidas que abacate na preparação do guacamole. O perdedor de Frankie Edgar (16v-4d-1e) vs. B.J. Penn (16v-9d-2e) , Nik Lentz (24v-6d-2e-1nc) ou Chang Sung Jung (13v-4d) seriam boas opções para sua próxima luta.


Frank Mir (16v-9d) – A vida definitivamente não está fácil para o ex campeão dos pesados. A quarta derrota seguida coloca em atenção a moça do RH e os executivos do Bellator e WSOF . Caso ganhe mais uma chance, o também especialista na luta agarrada, Gabriel “Napão” Gonzaga (16v-8d), seria uma boa escolha. Caso o careca opte por limá-lo, Antônio Bigfoot Silva (18v-5d-1e) e Mark Hunt (9v-8d-1e) são as escolhas certas para o fatality.


John Lineker (23v-7d) – O sonho do cinturão acabou, pelo menos por enquanto, e a delicada relação com a balança coloca em risco a situação do brasileiro. Não acho que a equipe do UFC deixará o jovem de Paranaguá sair para nocautear quem passar pela frente na concorrência como Anthony Johnson (16v-4d) tem feito, e uma última chance pode ser dada, caso o brasileiro não seja ‘forçado’ a subir de peso. Tim Elliot (10v-4d-1e), o perdedor de Zach Makovsky (17v-4d) vs. Joshua Sampo (11v-2d) ou Dustin Ortiz (12v-3d) na próxima?


Jamie Varner (21v-9d-1e-2nc) – O ex campeão do WEC chegou de última hora, mas a chance de entrar no top 15 foi para o saco na mesma velocidade da marretada conectada pelo seu adversário. Ao menos voltou para casa mais rico e a ótima luta deve ser seguida da “queda para cima”, como imortalizou Capitão Nascimento. A recuperação é necessária na próxima luta e poderia ser contra Adriano Martins (25v-7d), Danny Castillo (16v-6d) ou Pat Healy (29v-18d-1nc).

Sobre Rodrigo Biajoni

Fanático por esportes, acompanha MMA desde os tempos áureos do Pride.
  • arlenhugo

    O Card Principal foi bom, mas o preliminar deu calo nas vistas.

  • Cara, dá muita pena do Faber, tá perdido no limbo depois dessa derrota.

  • Fernando

    Amo ver o Aldo lutar, cara realmente é diferente dos demais, porém, eu não consigo ver mais desafios para ele nessa categoria, ele tem de mudar, já ficou sem graça.

    Quanto ao Barão, eu pensei que o Faber iria dá mais trabalho. Ele deve está pensando “O que vou fazer agora?”

  • Rodrigo Biajoni

    Faber tem que rezar para o Barão subir, senão vai ficar ali no meio eternamente!