É hora para a revanche entre Ronda Rousey e Holly Holm?
Ronda Rousey e Holly Holm se encarando durante a coletiva de imprensa para promover o UFC 193 (Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Image)

É hora para a revanche entre Ronda Rousey e Holly Holm?

Passado choque do último final de semana, a ficha começou a cair e inúmeros comentários pipocaram na internet. Dana White falou que a revanche faria sentido rolar logo a seguir. Muitos fãs concordaram. Mas será que é hora para a revanche entre Ronda Rousey e a nova campeã Holly Holm? O que seria melhor para o UFC e para o WMMA?

Em conversa com o amigo e leitor Igor Rodrigues, discutíamos sobre o melhor próximo passo. Logo depois me deparei com esse comentário do playboyzinho Floyd Mayweather:

Como ex-lutador, acho que ela precisa de um tempo para se reagrupar e se reorientar. Acho que eles estão adiantando as coisas. Eles precisam reerguer Ronda Rousey, recuperar sua confiança, mesmo eu achando que ela provavelmente continua confiante. Coloquem Holly (Holm) para lutar, defender o título algumas vezes e façam a revanche. É o que eu faria, olhando como ex-lutador e agora promoter. Eu não apressaria. Colocaria as duas no mesmo card contra outras adversárias e com calma marcaria a revanche. Tudo é questão de tempo. Foi o que eu fiz com a luta contra (Manny) Pacquiao. A luta que poderia tender US$ 100 milhões, rendeu US$ 300 milhões, tudo questão de tempo.

Mas e aí, o que é melhor agora? Vamos às opções:

Holm defende o cinturão contra qualquer outra – Adivinha quem seria escolhida? Não tenha dúvidas que seria Miesha Tate. Por quê? Simples, porque ela é a segunda melhor lutadora (ou terceira agora) na categoria no UFC. Positivo: Damos sobrevida à uma importante atleta e que não conseguirá uma nova disputa da cinta enquanto a campeã for a outra loira. Negativo: Se ela ganhar, quem quer ver Tate vs. Rousey 47?

Ronda encara uma atleta fraca só para mostrar que é f*&# – Simples recuperação da imagem, valorização da queridinha do careca ao destroçar qualquer outra atleta assim como sempre fez. Positivo: A poeira baixa e os fãs voltam a acreditar que ela é A lutadora. Enquanto isso Holm fica na maré mansa fazendo figuração e trabalhando a sua imagem e sendo mais conhecida do grande público (o leigo que nem sabia que ela existia até o último final de semana). Negativo: Vai que ela perde?

TRAGAM CRIS CYBORG! Já que bagunçou a parada toda? Joga o vidro de querosene na fogueira logo e let it burn! Positivo: Holm vs. Cyborg? Que luta, meus amigos, que luta! Negativo: De qualquer forma, ficará uma dúvida atrás da orelha: Cyborg venceu? Coloquem ela contra Ronda e definam quem é a melhor. Independente, não saberemos se foi só um imprevisto ou se Holm holmeria a Ronda todas as vezes. Cyborg perdeu? Holm pega a Ronda e ficaremos sem ver Rousey vs. Cyborg. Essa possibilidade não existe.

Holm vs. Rousey II já em 2016 Dois cenários possíveis: Anderson Silva vs. Chris Weidman ou Junior Cigano vs. Cain Velasquez. No primeiro, acabam as justificativas para ter uma volta da ex-campeã disputando a cinta lá em cima e começará a chuva de “ela só vencia porque só lutava com frangas”. No segundo, Holm não vê nem a placa do carro e o UFC perde uma grande lutadora que vence várias, menos a campeã (Tate who?).

E aí, o que você faria nessa situação? Qual caminho você seguiria e qual o UFC seguirá? Lembrem-se que o UFC é uma empresa no final das contas e nem sempre o seu (fã) desejo é uma ordem…

Sobre Rodrigo Biajoni

Fanático por esportes, acompanha MMA desde os tempos áureos do Pride.
  • hugo hugos

    Penso que se houver uma revanche a Holm vai vencer novamente, tem lutadores que são a pedra no sapato de outros e acredito que Holm é esta pedra no sapato da Ronda. O Estilo de Luta não casa.

  • Vinicius Fortuna

    Eu não acho.
    Ronda foi burra e prepotente, com inteligência acredito que ela vença a Holm. Todos os golpes mais contundentes foram numa Ronda desesperada para mostrar que era a destruidora e indo pra cima de forma desleixada.

  • hugo hugos

    Verdade. Se ela aprender ai sim pode vencer, mas acho que será o mesmo caso, de Tj X Barão, Maynard X Edgar, Aranha X Weidman e por ai vai.