Mais uma temporada do TUF Brasil que ninguém vai ver
TUF Brasil 4 - Academia com as fotos dos técnicos (Foto: Marcelo Russio/Sportv/Combate)

Mais uma temporada do TUF Brasil que ninguém vai ver

Ok, eu sei que você mais fanático por MMA vai assistir o TUF Brasil, porque, afinal, você assiste tudo relacionado ao MMA. Mas convenhamos, o The Ultimate Fighter Brasil não é, nem de perto, o programa que a gente esperava quando ele foi anunciado.

E eu fico impressionado com a dificuldades que o TUF Brasil tem de mudar o formato. Nos EUA já tivemos edições mistas com homens e mulheres, edição só com mulheres, edição ao vivo, e agora teremos uma deputa de equipes famosas do MMA. Aqui no Brasil a mudança parece que se prende somente aos treinadores.

O UFC já não fez uma grande escolha colocando Anderson Silva e Mauricio Shogun como os treinadores da nova edição, dois lutadores sem nenhuma rivalidade e que inclusive já treinaram juntos. Aos meus ouvidos soa apenas como “temos de colocar o Anderson Silva de qualquer jeito”. Então escolhesse alguma rivalidade ao menos! coloca o Vitor Belfort, Demian Maia ou até mesmo o Thales Leites como treinador adversário, apenas para criar uma rivalidade.

Quando a gente acha que não pode ficar pior, Anderson Silva se vê em meio a um escândalo de doping, tem que sair do reality show, e o UFC dá aquela “ratiada” mais uma vez. Escala Rodrigo Minotauro como novo treinador.

Dai eu me pergunto: por que não colocaram o Rogério Minotouro e fazer uma luta no final do programa? Vamos lá, se você perguntar a melhor luta da história do MMA, os fãs mais saudosistas falarão Shogun vs. Minotouro. Seria uma escolha obvia, mas não.

Agora eu te pergunto, de 10 a 0, quais as chances de você assistir a nova edição do TUF Brasil no domingo de noite na Rede Globo?

Sobre Fernando Neko

Editor-chefe e fundador do MMA by Neko. Empreendedor na área de mídia esportiva focada no MMA (Mixed Martial Arts) com mais de 7 anos atuando na área de jornalismo esportivo ligado ao MMA, Neko já foi colaborador de diversos veículos de comunicação relacionados ao tema.
  • RT

    Acho que vale assistir… veremos os novos talentos que tão surgindo no mma brasileiro, dois técnicos que são verdadeiras lendas e quem sabe lembraremos um pouco da rivalidade Chute Boxe – BTT.

    Mas, concordo bastante, teriam muitas escolhas melhores… Apesar de ser extremamente fã desses dois, rivalidade zero e classes de peso diferentes.

  • WeskerEvil

    Pelas razões citadas pelo RT, mas concordo com o texto. Alias ja tinha dito essa de TUF sem luta n fazer sentido a muito tempo