O que esperar de Edson Barboza no sábado?
UFC on FX 7 - Edson Barboza acerta soco em Lucas Martins (Foto: UFC/Josh Hedges)

O que esperar de Edson Barboza no sábado?

UFC 142 - Edson Barboza acerta chute em Terry Etim (Foto: Divulgação/UFC)

Após quase seis meses de sua última luta, Edson Barbosa irá voltar ao octógono neste sábado, no UFC 162, contra outro brasileiro, Rafaello Oliveira. Confesso que é minha luta preferida do card preliminar.

Edson Barbosa vinha de 4 vitórias consecutivas até ser derrotado por Jamie Varner por nocaute em maio do ano passado, mas se recuperou em janeiro desse ano vencendo Lucas Martins no Rio de Janeiro. O seu cartel ainda é impressionante, 11 triunfos e apenas um revés.

Acredito que Edson Barbosa ainda é a maior esperança brasileira nos leves, isso, se Aldo não resolver subir de categoria. Apesar de acreditar que Edson enfrentará outro adversário bem abaixo do seu nível, como aconteceu contra Lucas Martins, sabemos que assim como no futebol, no MMA muita coisa pode acontecer.

Nada me tira da cabeça aquela vitória sobre Terry Etim com um chute rodado em 14 de Janeiro de 2012, no UFC 142. O comentarista Joe Rogan disse que esse foi o primeiro nocaute com chute rodado na história do UFC. O chute deu à Barboza o prêmio de Nocaute da Noite (e do ano). Além disso, a luta equilibrada deu aos dois, o prêmio de Luta da Noite.

Torço para que sábado aconteça algo do tipo, não igual, mas tão empolgante quanto. Na minha opinião, tem tudo para ser um evento excelente, com lutas boas no card preliminar e no principal.

Após esse combate, espero que coloquem o Edson Barboza contra alguém melhor posicionado no ranking. O cara merece um combate para elevá-lo a um provável title shot.

Para alguns lutadores que tropeçam em alguma derrota (e que o próprio UFC quer ver lutando), a organização acaba colocando alguns combates contra adversários mais fracos. Um bom exemplo é Vitor Belfort, que, após sua derrota para Anderson Silva, enfrentou Yoshihiro Akiyama e Anthony Johnson, ambos bem inferiores ao brasileiro.

Depois de duas vitórias, provavelmente, Edson Barboza terá um teste mais efetivo (igual Belfort), porém vamos aguardar o que Rafaello Oliveira irá mostrar e ver se a caminhada será realmente essa.

Sobre Murilo Teixeira

Radialista e apaixonado por MMA, acompanha à risca o crescimento desse esporte, o qual, na sua opinião, está caindo na graça do mundo todo.