Todos querem Conor McGregor…
Conor McGregor comemora a conquista do cinturão interino no UFC 189 (Foto: Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Todos querem Conor McGregor…

Ainda na ressaca do UFC 194, você pode não ter nem percebido, mas o UFC realizou um card no último final de semana e o lutador que teve mais destaque no evento foi Conor McGregor. Ué, mas ele lutou novamente? Com uma semana de distância entre uma luta e outra?

Não, o irlandês provavelmente provavelmente estava bêbado em uma festa torrando seus muitos dólares com mulheres. Mas ainda assim, o barbudo foi chamado pro um a um por nada menos do que três lutadores do evento!

O primeiro deles foi o brasileiro Charles do Bronx que, ainda no octógono soltou logo:

Eu respeito todos os lutadores de jiu-jítsu que estão no UFC, mas sem dúvida, nesta divisão, eu sou o melhor no jiu-jítsu, e estou sempre confortável quando a luta cai aí. Eu quero vir lutar de novo. Conor: não fique feliz com uma coisa que não é sua, eu estou indo aí pegar o título.

A finalização certamente colocou do Bronx um passo mais perto da cinta, mas não foi dessa vez que a furada de fila deu certo, ainda mais com Edgar dando mole por aí nos penas. Para piorar (ou melhorar para os fãs) a situação, o técnico do irlandês cravou: próximo passo é nos leves!

“O que vem em seguida para Conor? O cinturão peso-leve. Vamos dar um tempo do corte para bater 65,8kg, apesar do último ter sido o mais fácil até aqui. (…) Então, o próximo passo será conquistar o título da divisão até 70,3kg. O atual campeão, Rafael dos Anjos, defende o cinturão contra Donald Cerrone amanhã (sábado) à noite. Independente de quem vencer, recebemos a luz verde para enfrentar o vencedor. Acreditamos que isso acontecerá em abril, mas estou ansioso para ver a luta deste fim de semana. (…) Se Frankie Edgar quiser uma chance pelo título peso-pena, ou (José) Aldo quiser uma revanche, tudo bem conosco também. Mas eles terão de esperar, porque o cinturão peso-leve é o próximo item na agenda.”

Já no card principal, o novo bambambam chamou a atenção de mais dois atletas do peso leve: Nate Diaz e seu estilo porradeiro de boate e nada menos que o campeão Rafael dos Anjos.

“Ei, McGregor, você disse que queria subir de categoria, mas essa é a minha divisão. Se você quiser lutar no Brasil, ou na Irlanda, que seja. Estou aqui para ficar”, declarou Rafael.

Para apimentar a situação, Diaz ainda soltou essa:

Ele (Silva) disse que está fechado, vamos fazer essa (luta). Com certeza eles querem, todos querem essa luta. É o que querem. O que vão fazer? Eu disse que quero enfrentar (Rafael) Dos Anjos também, ele não disse uma palavra, ele também não quer essa luta (comigo). Se as pessoas quiserem essa luta, sabem o que fazer

A nova galinha dos ovos de ouro continuará chamando a atenção no futuro próximo e o UFC sabe que não pode dar mole de perder os rios de dinheiro de maneira fácil. Para isso, muito calma na hora de casar o próximo passo do irlandês. Diaz? Lutaça! Muita provocação, apreensão monstra por parte dos fãs e muita chance do irlandês levar a melhor, aumentar o hype e criar a pulga de que pode dominar duas categorias ao mesmo tempo. Rafael? Se McGregor perder, acabou o falatório (ao menos por um tempo), mas se ganhar, até o Werdum pode se preparar porque sobrará para todos os outros campeões! Resta saber como o UFC vai querer espremer os limões que tem nas mãos…

E você, quem gostaria de ver o McGregor enfrentar?

Sobre Rodrigo Biajoni

Fanático por esportes, acompanha MMA desde os tempos áureos do Pride.